segunda-feira, 4 de julho de 2016

Independence Day








A maioria das pessoas sabe que a Declaração da Independência dos EUA foi assinada no dia 4 de julho de 1776. Mas de onde veio a declaração? E o que realmente foi assinado? Uma das coisas mais interessantes que encontramos na narrativa de Thomas Jefferson é que a Declaração da Independência não foi o primeiro documento escrito. Em julho de 1774, ele escreveu um documento preliminar conhecido como "A Summary View of the Rights of British America" - Uma visão resumida dos direitos da América Britânica, que estabeleceu uma premissa fundamental: a de que a Grã-Bretanha não deveria ter autoridade sobre as colônias americanas. Isso ia além da idéia do "não aos impostos sem representação", e resume as crenças básicas de muitos colonos. Eles queriam se libertar das leis britânicas. O documento de Jefferson colocou essas crenças no papel pela primeira vez. A declaração foi adotada pelo Congresso no dia 4 de julho de 1776. Versões impressas foram enviadas às colônias no dia 5 de julho. Uma versão em jornal foi impressa pela primeira vez em um jornal da Pensilvânia no dia 6 de julho. Ela foi lida aos membros do Exército de George Washington no dia 8 de julho. Aquele foi um período maravilhoso e esse documento deu origem aos Estados Unidos da América...



Hino dos Estados Unidos

Oh, say! can you see by the dawn's early light
What so proudly we hailed at the twilight's last gleaming;
Whose broad stripes and bright stars, through the perilous fight,
O'er the ramparts we watched were so gallantly streaming?
And the rocket's red glare, the bombs bursting in air,
Gave proof through the night that our flag was still there:
Oh, say! does that star-spangled banner yet wave
O'er the land of the free and the home of the brave?

On the shore, dimly seen through the mists of the deep,
Where the foe's haughty host in dread silence reposes,
What is that which the breeze, o'er the towering steep,
As it fitfully blows, half conceals, half discloses?
Now it catches the gleam of the morning's first beam,
In fully glory reflected now shines in the stream:
'Tis the star-spangled banner! Oh, long may it wave
O'er the land of the free and the home of the brave!

And where is that band who so vauntingly swore
That the havoc of war and the battle's confusion
A home and a country should leave us no more?
Their blood has washed out their foul footsteps' pollution!
No refuge could save the hireling and slave
From the terror of flight or the gloom of the grave:
And the star-spangled banner in triumph doth wave
O'er the land of the free and the home of the brave.

Oh, thus be it ever, when freemen shall stand
Between their loved home and the war's desolation!
Blest with victory and peace, may the heav'n-rescued land
Praise the Power that hath made and preserved us a nation!
Then conquer we must, when our cause it is just,
And this be our motto: "In God is our trust":
And the star-spangled banner in triumph shall wave
O'er the land of the free and the home of the brave.


Hino da Estados Unidos

Oh, diga! você pode ver pela luz adiantada do alvorecer
O que tão orgulhosamente nós saudamos últimos lampejos do crepúsculo;
Cujas faixas largas e estrelas brilhantes, durante a luta perigosa,
Sobre as muralhas vimos eram tão galantemente brilhante
E o clarão vermelho do foguete, as bombas explodindo no ar,
Deu-nos prova pela noite que nossa bandeira ainda estava lá:
Oh, diga! A bandeira salpicada de estrelas ainda acena
Sobre a terra dos livres e o lar dos bravos?

Na praia, mal visto através das névoas do profundo,
Onde anfitrião altivo do inimigo em silêncio de medo repousa,
O que é isso que a brisa, sobre a íngreme ladeira
Como indecisamente golpeia, meio esconde, meio descobre?
Agora pega o cintilação da primeira viga da manhã,
Em plena glória refletida, agora brilhos no fluxo:
Lagrimas a bandeira salpicada de estrelas! Oh, muito tempo possa acenar
Sobre a terra dos livres e o lar dos bravos!

E onde é aquela faixa que assim alardeando jurou
Que os estragos da guerra e da confusão da batalha
Uma casa e um país deveriam deixar nenhum mais para nós?
O seu sangue lavou a poluição suas pegadas falta '!
Nenhum refúgio poderia salvar o mercenário e o escravo
Do terror de vôo ou a obscuridade do sepulcro:
E a bandeira coberta de estrelas em onda de triunfo
Sobre a terra dos livres e o lar dos bravos.


Oh, assim sempre seja isto quando os homens livres estarão
Entre a sua casa amou e desolação da guerra!
Bendito com vitória e paz, possa a terra paraíso-resgatado
Louve o Poder que fez e nos preservou uma nação!
Então conquiste nós devemos, quando nossa causa é justa,
E este é nosso lema: "Em Deus está nossa confiança":
E a bandeira coberta de estrelas em triunfo moverá
Sobre a terra dos livres eo lar dos bravos.













Nenhum comentário:

Postar um comentário